Erro
  • [sigplus] Critical error: Image gallery folder gallerieturismo/abruzzo is expected to be a path relative to the image base folder specified in the back-end.

Abruzzo

Link

Descrição

[sigplus] Critical error: Image gallery folder gallerieturismo/abruzzo is expected to be a path relative to the image base folder specified in the back-end.

{gallery}gallerieturismo/abruzzo{/gallery}

Localizado no centro da Itália, a região de Abruzzo, partindo do coração dos Apeninos ao mar Adriático, um território é predominantemente montanhosa e selvagem.
Nas altas montanhas, picos de pura rocha e caras entre as estâncias de esqui de origem e as instalações para esqui e desportos de Inverno, como Pescosolido, Rivington e Roccaraso.

O cenário natural dos altos e acidentados picos do Gran Sasso e Monti della Laga Majella, descendo em seguida para uma vasta área montanhosa, para finalmente chegar à costa do Adriático.

O caminho do Gran Sasso para o mar é através de áreas ricas em história e tradições artísticas que nunca deixam de surpreender os visitantes.
Entre as montanhas e as colinas são cunha vales estreitos, cursos de história natural, incluindo a pitoresca e encantadora Aterno vale, salpicado de aldeias antigas.
Existem numerosas reservas naturais como o Parque Nacional de Abruzzo, o parque do Gran Sasso e Monti da Laga ou da Majella, fornecendo proteção para as plantas e animais típicos da região, como a águia dourada, o lobo e o urso marsicano.
O litoral Abruzzo é caracterizado por longas praias de areia no norte, enquanto no sul dominado por praias de pedriscos.
Fascinantes são as pequenas aldeias do interior, mosteiros, castelos na região que representam muitos itinerários diferentes na verde região da Itália.

As províncias são: L'Aquila (cidade), Pescara, Chieti e Teramo.

O que ver

A cidade que melhor representa artisticamente a região é L'Aquila, situada nas encostas do Gran Sasso, caracterizada por um inestimável património artístico: da magnífica Basílica de San Bernardino para o castelo do século XVI, da Basílica de Santa Maria di Collemaggio a fonte de 99 bicos, enfeitada com muitas máscaras de pedra.
A cidade do "perdão Celestial" oferece muitas rotas de história, arte e fé.

Infelizmente, o terramoto de 06 de abril de 2009 afetou severamente a cidade e arredores, causando grandes estragos em seus tesouros e obras de arte preciosas.
Na costa do Adriático, caracterizada por longas praias de areia está Pescara, uma cidade que preserva a memória do poeta Gabriele D'Annunzio, um importante centro turístico.

Inúmeras costeiras: Tortoreto, Giulianova, Silvi Marina, Roseto e no sul Ortona, Vasto e San Salvo.
Chieti, situado nas colinas próximas à costa, contém uma magnífica catedral do século XI, de particular interesse é o Museu Nacional de Arqueologia, cheio de vestígios pré-históricos e evidências das civilizações grega e romana. 

Outra cidade importante é Teramo, com a sua catedral medieval e as ruínas do teatro e do anfiteatro do período romano.
Inúmeras são as aldeias antigas, guardiões de uma civilização que ainda mantém viva suas tradições através do folclore e artesanato.

Uma das mais características é Scanno, com suas ruas estreitas, palácios antigos e portais Barroco é uma pitoresca aldeia no vale do Sangro, localizado perto de um belo lago.
Rica em história e tradições é Sulmona, cidade natal do poeta Ovídio, que abriga valiosas e artísticas a ainda o famoso eremitério de Celestino V.

Cosa fare

Tradução ainda não está disponível

Il variegato panorama dell'Abruzzo propone diversi tipi di vacanze, tutte entusiasmanti e ricche di sorprese.
Le vette più alte dell'Appennino e le rinomate località turistiche Roccaraso, Rivisondoli, Pescasseroli e Campo Imperatore accolgono con moderni impianti e un ampio sistema di piste gli appassionati di sci, snowboard, snowrafting, mentre i percorsi per lo sci di fondo si inoltrano nei magnifici paesaggi del Parco Nazionale d'Abruzzo, Lazio e Molise.
Numerosi sono gli sport da praticare a contatto con la natura: passeggiate ed escursioni a piedi, in mountain bike o percorsi di trekking all'interno di aree protette o in siti di particolare valore naturalistico come le splendide Gole del Sagittario, le cascate di Zompo lo Schioppo, o i laghi di Penne e Serranello, dove si possono avvistare anche le specie più rare di uccelli.
Dal Gran Sasso al Sirente, l'ambiente di alta montagna è particolarmente adatto all'alpinismo e all'arrampicata.
Per chi ama l'equitazione innumerevoli sono le possibilità di escursioni a cavallo, mentre nel Parco del Gran Sasso e Monti della Laga è possibile percorrere una ippovia di centinaia di chilometri tra contesti naturalistici di singolare valore.
Lungo la costa è possibile dedicarsi a tutti gli sport marini: vela, canoa, pesca, windsurf, grazie alla presenza di spiagge attrezzate e di strutture moderne. Ampio spazio anche a itinerari in bicicletta tra pinete e faggete, per poi trascorrere serate all'insegna del divertimento tra discoteche, locali e ristoranti delle diverse località costiere.
Numerosi gli itinerari religiosi verso luoghi di devozione immersi in ambienti incontaminati, tra cui il famoso Eremo di Celestino V, incastonato in una parete rocciosa o la chiesa romanico-gotica di Santa Maria di Propezzano nella valle del Vomano.
I più golosi possono inoltrarsi tra oliveti e vigneti, dalla costa adriatica verso l’interno fino alla Valle Peligna per visitare aziende e gustare vini, olio e squisiti prodotti locali.
Infine, da non perdere le manifestazioni di folclore, le feste religiose e gli eventi: dalla famosa Festa della Perdonanza a L’Aquila, alla festa dei Serpari di San Domenico a Cocullo, al Presepe vivente di Rivisondoli alle numerose sagre che vedono protagonisti i piccoli borghi.

O que degustar

Abruzzo tem uma rica tradição gastronômica, com tradições específicas, ligadas às singulares províncias.
Soberanos na tabela são os"maccheroni alla chitarra" feito com massas caseiras, cortadas com uma tela de fios de aço; Típico de Teramo são as "scrippelle", folhas finas de massas no caldo de carne; no litoral dominam os pratos abase de peixes.

Entre estes últimos,  a receita tradicional do "chietino" é o "scapece" , peixe frito conservados em vinagre. além disso, estão presentes em todos os menus, carneiro, cabra, ovelha, mas também ventricina, e lombo.

A típica culinária de Abruzzo está sempre acompanhada com uma selecção dos melhores vinhos regionais: Montepulciano d'Abruzzo, Sangiovese e Trebbiano d'Abruzzo.

Entre as sobremesas, muitas vezes feita com amêndoas, com destaque para o torrone e o confetti, especialidade de Sulmona e a cicerchiata, pequenas bolas de massa frita coberta com mel, os mostaccioli.

Italia comes...

to Brasile

Italia comes...

to Cina

Italia comes...

to India

Italia comes...

to Russia